Osteopatia

Osteopatia

 

A Osteopatia é uma terapia recente que surgiu nos EUA através do Dr Andrew Taylor Still (1828-1917). Etimologicamente Osteopatia provém dos termos gregos Ostión (osso) e Pathos (efeito que vêm do interior). Estuda os efeitos internos que vêm da estrutura. Então, é uma abordagem holística de cuidados com a saúde, que reconhece a importância da relação entre a estrutura do corpo e o seu funcionamento. Enfatiza sua ação centrada no paciente, ao invés do sistema convencional que é centrado na doença.

Todas as partes do corpo funcionam de forma integrada. No entanto, os estresses físicos e emocionais, como má postura, lesões do esporte, do trabalho e acidentes favorecem o surgimento de disfunções e restrições. Se uma das partes está limitada, as demais sofrem adaptações e compensações levando à inflamação, à dor, à rigidez e a outros problemas de saúde. O osteopata utiliza a palpação e técnicas manuais no aparelho músculo-esquelético para tratar os vários tecidos (ósseo, conjuntivo, neural, circulatório, etc) com o objetivo de criar integridade, liberdade e coordenação de movimento, aumentando o fluxo sanguíneo, drenagem de toxinas e o reequilíbrio das funções dos tecidos via sistema nervoso.

O osteopata possui conhecimentos profundos em várias áreas das ciências médicas, para poder fazer um diagnóstico diferencial e proteger o paciente no caso de patologia contra-indicada. É uma terapêutica puramente manual, não é invasiva (não há cirurgia), nem prescrição de fármacos. No entanto, conselhos sobre exercícios, nutrição e postura são normalmente abordados com o paciente.

 

A OSTEPATIA ABARCA TRÊS GRANDES RAMOS

 

1- OSTEOPATIA ESTRUTURAL
2-OSTEOPATIA CRÂNIO-SACRAL
3- OSTEOPATIA VISCERAL
Agende uma consulta